Joe Biden terceira idade

27-02-2021

Joe Biden e a nova terceira idade

Conheça mais a história de Joe Biden, sua carreira na política, suas tragédias pessoais e como ele se tornou o Presidente de um dos países mais poderosos do mundo na terceira idade

 

Muitos que acompanham o nosso blog têm pedido para eu trazer um pouco da história de alguns artistas e personalidades que ultrapassaram a barreira dos 60 anos. Começamos por Fábio Junior, Rita Lee, e hoje vamos falar sobre o Joe Biden.

Apesar de ele já ser um veterano no mundo da política americana, só nos últimos meses ele se tornou mais conhecido do grande público internacional.

Durante a campanha para a Presidência da República dos Estados Unidos, aquele então candidato chamou a atenção de muitos, dentre outros fatores, pela questão da idade.

Será que um homem de 78 anos conseguirá vencer a eleição? E, no caso de vencer, será que ele conseguirá exercer o cargo de Presidente de um dos países mais ricos e poderosos do mundo?

E ele ganhou. E está nos mostrando que não tem idade para ir atrás dos seus sonhos… para conhecer um pouco mais sobre Joe Biden, hoje vou trazer um pouco da sua trajetória no nosso post e mostrar que ele é o reflexo desta nova terceira idade que nós fazemos parte: nunca é tarde para se chegar lá!

Gostou? Vamos juntos, então!

 

 

 

Joe Biden: história e carreira

 

Joseph Robinette Biden nasceu no dia 20 de novembro de 1942 na Pensilvânia (Estados Unidos). Ele formou-se em Direito e atuou na área durante pouco tempo.

Como ele se decepcionou com a carreira privada de advogado, ele foi para a defensoria pública. Nesta carreira, ganhou grande visibilidade e, aos 29 anos, chegou ao Senado (uma curiosidade: foi o quinto político senador mais jovem da história dos Estados Unidos).

No Senado, Joe Biden teve diversas reeleições, ficando entre 1973 e 2009.

 

 

Algumas tentativas frustradas de chegar à Presidência

 

A carreira de Joe Biden não foi marcada apenas por vitórias. Pelo contrário. Em 1987, Joe Biden tentou se candidatar pela primeira vez ao cargo de Presidente da República. Porém, devido a uma polêmica em relação a um discurso plagiado, ele preferiu se retirar.

Em 2008 tentou novamente, mas acabou se candidatando como vice-presidente na chapa de Barack Obama. Assim, ele virou vice-presidente dos Estados Unidos entre 2009 e 2017.

Alguns anos depois, pensou novamente em se candidatar. Porém, acabou desistindo e deu lugar a Hillary Clinton.

 

 

 

Vida pessoal marcada por inúmeras tragédias

 

Lendo sobre a carreira de Joe Biden, parece uma trajetória sólida, com algumas derrotas, mas bem vitoriosa. Certamente. Mas ele seguiu todo esse caminho com muitas tragédias pessoais.

 

 

A primeira grande tragédia: a perda da esposa e da filha

 

Poucas semanas após ser eleito ao Senado pela primeira vez, a sua família sofreu um acidente de carro.

Neste acidente, ele perdeu a sua mulher (Neilia) e sua filha (Naomi). Seus outros dois filhos (Beau e Hunter) sobreviveram, mas com ferimentos.

Ele tornou-se Senador com os filhos internados e foi empossado no quarto de hospital, ao lado de um dos filhos.

Diariamente fazia o trajeto de trem entre Washington e Delaware para estar sempre com os filhos.

Depois de viúvo e pai de dois filhos, Joe conheceu a professora Jill Jacobs, casou-se em 1977 e tiveram uma filha em 1981, a Ashley.

 

 

Aneurisma cerebral

 

Em 1988, uma forte dor no pescoço levou Biden a uma cirurgia de emergência. Era um aneurisma cerebral que havia se rompido.

Como ele teve outras complicações durante a primeira cirurgia, precisou ser submetido a uma segunda e removeu outro aneurisma que poderia se romper a qualquer momento.

Devido às cirurgias delicadas, permaneceu sete meses longe do Senado.

 

 

A perda de outro filho

 

Em 2015, quando já ocupava o cargo de vice-presidente, Joe Biden perdeu Beau, seu filho mais velho, aos 46 anos.

Beau tinha um câncer no cérebro que lutava há anos.

Essa perda deixou Biden muito abalado, pois ele e o filho eram muito, muito próximos.

 

 

 

Presidente de um dos países mais poderosos do mundo aos 78 anos: a nova terceira idade

 

Em janeiro de 2021, Joe Biden tornou-se o Presidente mais velho a tomar posse nos Estados Unidos. E o que isso representa para a terceira idade? Um grande exemplo que mostra que nunca é tarde para alcançarmos nossos objetivos.

Mas ele recebeu muita pressão devido a idade. Tanto que, em dezembro de 2019, Biden publicou um atestado médico no qual afirmava que ele era um “homem de 77 anos saudável e vigoroso, em condições de exercer com sucesso as funções da presidência”.

Mas isso não foi suficiente para não ter ataques: durante a campanha, questões relacionadas com a idade e a saúde do então candidato Biden sempre voltavam à tona.

Infelizmente, esse preconceito em relação à idade não acontece apenas na esfera pública: há uma ideia de que os idosos têm pouco a contribuir fora da esfera familiar.

Quantas empresas brasileiras têm CEOs acima dos 65 anos? Poucas, não é mesmo?

Por isso, independentemente das nossas crenças políticas, a vitória de Biden nos mostra que a terceira idade tem muita, muita força. E muita coisa para mostrar!

 

Gostou do nosso post?

E que tal continuar se informando e aprendendo cada vez mais sobre o nosso universo? Se você quer informações relevantes e direcionadas, separei aqui 5 (cinco) outros posts que, certamente, vão te interessar. Quer ver?

 

Por onde anda Rita Lee? Saiba o que aconteceu com a artista que marcou gerações

Fábio Jr chegou à terceira idade e ninguém reparou: quer saber o segredo?

Vacinação contra Covid-19: o que o idoso precisa saber

Quais são os principais arrependimentos na terceira idade?

Como parar de fumar: dicas práticas para ter uma vida mais saudável na terceira idade

 

E para não perder nenhum conteúdo, acesse sempre Oversixty e acompanhe todas as novidades relacionadas ao nosso mundo dos idosos.