pilates para idosos

25-09-2020

Pilates para idosos: como começar a praticar?

Entenda o que é o método Pilates, seus principais benefícios para os idosos e quais são os principais cuidados antes de começar a praticar.

 

 

À medida que vamos envelhecendo, várias limitações começam a fazer parte da nossa rotina.

Essas limitações podem ser mentais, mas muitas vezes elas também são físicas. Toda a flexibilidade, força e destreza que possuíamos enquanto jovens, aos poucos vão fazendo parte do passado e precisamos aprender a viver (bem!) com a nossa nova realidade, além de reconhecer nossas limitações e adotar ações para manter o nosso bem-estar.

Dentre essas ações, a prática regular de atividades físicas é fundamental.

Porém, não é qualquer atividade física que é adequada para os mais velhos, devido a todas nossas limitações.

Dentre elas, o Pilates acaba sendo uma atividade muito completa.

E para conhecer tudo sobre Pilates para idosos, esse é o tema do nosso post de hoje. Ficou curioso?

 

 

 

Pilates para idosos: é mesmo bom?

 

Apesar de ouvirmos falar, com frequência, sobre Pilates, você realmente conhecesse esse método?

É comum as pessoas confundirem com outras práticas, como o yoga. O Pilates é um método de atividade física que foi desenvolvida no início do século XX.

Esse método é inspirado em princípios da cultura oriental, como o yoga (daí a confusão).

 

Para o Ministério da Saúde, o Pilates é um sistema de exercícios que coordena os movimentos dos músculos com a respiração. Assim, além de fortalecer a musculatura da coluna, o Pilates promove o alongamento dos músculos, melhorando a postura.

 

O Pilates tem como base 6 (seis) princípios:

 

  • Respiração;
  • Concentração;
  • Centro;
  • Precisão;
  • Fluidez;
  • Controle.

 

 

 

Características do Pilates para idosos

 

Como foi visto, o método Pilates é adequado para as mais diversas idades.

Devido a essas suas características, o Pilates para idosos acaba sendo um método muito indicado para a prática de atividade física.

 

Dentre suas principais características que faz com que o método Pilates seja indicado para grande parte das pessoas na terceira idade, temos:

 

  • Exercícios de baixo impacto;
  • Seu método trabalha músculos específicos para cada necessidade, ou seja, é possível adaptá-lo para cada objetivo;
  • Foca na coordenação do indivíduo;
  • Proporciona uma maior conservação da massa muscular;
  • Melhoria no condicionamento cardiovascular;
  • Pode ajudar a corrigir a postura;
  • Além de trabalhar o fortalecimento da pessoa, como um todo.

 

Ou seja, a prática de Pilates para idosos colabora para a recuperação e manutenção da flexibilidade, além de recuperar articulações propensas a artrose.

Além disso, muitas vezes o Pilates é praticado em pequenos grupos, o que estimula a socialização na terceira idade e evita o isolamento.

 

 

 

Principais benefícios da prática de Pilates para idosos

 

Na verdade, a lista de benefícios provenientes do Pilates para idosos são diversos, tais como:

 

  • Alívio da dor;
  • Prevenção de lesões;
  • Melhora a mobilidade;
  • Aumento da flexibilidade;
  • Melhoria do equilíbrio;
  • Estímulo da autoestima.

 

 

 

Pilates para idosos: cuidados antes de começar a praticar

 

Apesar do Pilates ser uma atividade bem adequada para nós, da terceira idade, é necessário adotar algumas precauções antes de iniciar.

Vamos entender quais são elas?

 

 

Autorização do médico

 

Independentemente da idade, procurar o médico antes de iniciar qualquer atividade física é fundamental. E, na terceira idade, não é diferente: converse com seu médico para ele autorizar o início da prática de Pilates.

 

 

Escolha do estúdio e do profissional

 

É necessário escolher um estúdio profissional, assim como um especialista para o acompanhamento.

Verifique se o estúdio tem o piso adequado, assim como os acessórios corretos. Além disso, veja se o especialista conhece as necessidades específicas relacionadas com a terceira idade, além de conversar sobre as suas expectativas.

 

Ou seja, é necessário levar em consideração:

 

  • Oferecer os melhores exercícios para a faixa etária da terceira idade;
  • Ter um ambiente preparado para receber os idosos;
  • Ter aparelhos e equipamentos específicos;
  • Apresentar o máximo de segurança para os idosos;
  • Garantir um bom atendimento com respeito para as especificidades da terceira idade.

 

Um outro ponto: durante a prática de Pilates, precisamos usar uma roupa leve e confortável, assim como meia antiderrapante. Além disso, nunca praticar exercícios sozinho.

 

 

 

Recebeu o sinal verde? Então, nada de ficar parado!

 

Se seu médico já autorizou a prática de Pilates, é hora de começar! Porém, sempre levando em consideração os cuidados indicados. Separamos aqui 3 (três) vídeos de exercícios super bacanas para nos inspiramos. Vamos lá?

 

 

Vídeo 1: Pilates para idosos – Namu Pilates

 

Neste vídeo de Pilates para iniciantes, é ensinada uma sequência de exercícios específicos para idosos, usando a parede como auxílio e apoio.

 

 

Vídeo 2: Pilates para idosos – exercícios em casa

 

Este vídeo aqui mostra exercícios físicos específicos para a terceira idade, mas para ser feito em casa.

 

 

 

Vídeo 3: Pilates para idosos – 10 exercícios

 

Pilates para idosos ativos: 10 exercícios específicos, mas para ser praticado em estúdio.

 

 

É importante lembrar a importância de associar a prática de atividades físicas rotineiras com hábitos saudáveis de alimentação.

 

E aí? Está gostando de se informar cada vez mais sobre o nosso universo da terceira idade? Temos que manter a cabeça e o corpo ativos.

Vamos espantar a preguiça e a tristeza? Para te ajudar, separei aqui 3 (três) outros posts que, certamente, vão te interessar. Quer ver?

 

Atividade física na terceira idade: os cuidados e exercícios mais indicados;

Namoro na terceira idade: mitos e verdades;

Sexo na terceira idade: dicas, mitos e verdades.

 

E para não perder nenhum conteúdo, acesse sempre Oversixty e acompanhe todas as novidades relacionadas ao nosso mundo dos idosos.